segunda-feira, 3 de agosto de 2015

A IMPONÊNCIA

Amo este teatro
como se fosse a minha casa
amo este prédio
cheio de lembranças de minha infância.
(R. Samuel)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NOVA EDIÇÃO